Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simplesmente Palavras

Coisas simples da vida

Simplesmente Palavras

Coisas simples da vida

Hoje falei de músicas que já gostei. Em cada época da minha vida músicas diferentes me acompanharam... e aqui ficam algumas delas. Vá nada de gozar, cada um tem os seus podres xD

 

Anos 80 /90

Onda Choc (1) (2) (3) (4)

Trovante (1) (2)

GNR (1) (2)

Rui Veloso (1) (2) (3)

Resistência (1) (2)

Ministars

Kaoma (Lambada)

Excesso (1) (2)

Sétimo Céu

Delfins (1) (2) (3) (4)

Santos e Pecadores (1)

Anjos (1) (2)

Spice Girls (1) (2)

Back Street Boys (1)

Silence 4 (1) (2) (3) (4)

 Pirilampo Mágico (1994) (1995)

Los Del Rio (Macarena)

Quinta do Bill (1)

Luís Represas

Celine Dion (1)

Mariah Carey (1) (2) (3)

Whitney Houston (1) (2) (3)

Rádio Macau (1)

Lena D'Água (1)

Sétima Legião

Heróis do Mar (1) (2)

Pólo Norte

Toni Braxton (1)

Ban (Irreal Surreal)

Adelaide Ferreira

 

 

Anos 2000

Las Ketchup (Asereje)

Sam the Kid (1) (2) (3)

Mundo Secreto (1)

Dealema (1)

Gutto

Mind da Gap (1)

Fidbeck

Mundo Complexo (1)

Mafalda Veiga (1) (2) (3) (4)

David Fonseca (1) (2) (3) (4) (5)

David Grey (1)

The Killers (1) (2) (3)

Oasis

U2 (1) (2) (3)

Mercado Negro (1)

Da Weasel (1) (2)

Mesa (1)

Margarida Pinto (1)

Souls of Fire (1)

Ace

Regula 

Donna Maria

Clã (1) (2) (3)

Toranja

Zero 7 (1) (2) (3)

Rita Redshoes (1)

Ornatos Violeta (1)

Joss Stone (1) (2)

Alicia Keys (1) (2)

Corinne Bailey Rae (1) (2)

Damien Marley

K's Choice (1)

Beyonce

Jay-z

Natasha Bedingfield

John Mayer (1)

Portishead

Moloko (1) (2)

Skunk Anansie (1) (2)

Fado em Si Bemol (1)

Norah Jones (Sunrise)

Jeff Buckley (1) (2)

Marisa Monte (1) (2) (3)

Adele ( Chasing pavements )

Adriana Calcanhoto (1) (2)

Coldfinger (1)

Humanos (1) (2)

 

 

 

São só algumas das músicas... outras tantas já me esqueci da sua existência e importância.

 

Nota: As músicas estão de acordo com as datas em que as ouvi não estão necessáriamente de acordo com a data em que foram lançadas.

 

[2006-08-31]

 

Tive que recuar a 2006 para ter uma fotografia contigo. Não pode ser! Temos que resolver isto. Agora que já és grande, que és uma dona de casa (longe de casa), agora que já podes ser presa sem que avisem os teus pais, agora que vais ser caloira, que vais estar na cidade dos estudantes, crescer ainda mais e ser feliz... agora temos de tirar uma fotografia, temos de comemorar e avançar. Avançar sim,  mas nunca ninguém vai ocupar o teu lugar * :)

 



" Expressão e Educação: Participa com empenho nos diferentes tipos de actividades, procura realizar as acções adequadas com correcção e oportunidade.
É criativa e tem imaginação, realiza as suas tarefas com destreza e sensibilidade estética.

Estudo do Meio: Mostra sempre interesse pelos temas apresentados. Participa nos debates com entusiasmo e colabora contando as suas experiências do dia a dia.

Língua Portuguesa: Lê e contrói frases. Atingiu a meta proposta para este período. Gosta de ler.  Tem uma caligrafia razoável.

Matemática: Tem bom raciocínio. Compreendeu a adição e a subtração. Acompanha o desenrolar da matéria sem dificuldades.

Desenvolvimento Pessoal e Social: A Filipa é uma menina alegre e sociável. Tem boas relações com os colegas. "




"Progressos realizados:

Iniciativa: Muitos
Criatividade: Muitos
Persistência: Muitos
Relação positiva com os colegas: Alguns
Relação positiva com os adultos: Alguns
Espírito de entreajuda: Alguns
Participação nos trabalhos de grupo: Muitos
Organização no trabalho individual: Muitos
Autonomia: Muitos
Avaliação do seu próprio trabalho: Muitos
Avaliação do trabalho dos outros: Muitos


Pontualidade: É pontual
Assiduidade: Presenças 122, Faltas 0


Apreciação global:  A Filipa é uma criança desinibida e interessada. Não manifesta dificuldades na aprendizagem. Tem bom aproveitamento. É já uma boa aluna. "


... e é tão estranho (e reconfortante ao mesmo tempo) ler isto mais de 10 anos depois. =)

                                                                                                © Lipa Xana



Na contra-capa:
Castelo de Santarém, num dia do ano de Cristo de 1359.
Enquanto El-Rei D. Pedro I corre a caça pelos campos, os seus conselheiros Álvaro Pais e João Afonso Tello esperam com sombria ansiedade a chegada de dois prisioneiros, Álvaro Gonçalves e Pero Coelho, dois dos "matadores" de Inês de Castro (o terceiro, Diogo Lopes Pacheco, logrou fugir e refugiou-se em França). A esses homens havia sido solenemente prometido perdão, mas o Rei, decidido a vingar a única mulher que amou, quebrou o juramento feito, e agora eles vêm, debaixo de ferros, a caminho de Santarém.
É este o ponto de partida de Inês de Portugal. Mas ao longo das suas páginas é toda a história de Pedro e Inês que João Aguiar reconstrói, abordando pela primeira vez um tema histórico posterior à Nacionalidade e fazendo-o desde logo com um dos mitos maiores da nossa consciência de Nação.


Adorei o livro. Só a história em si ( o amor de D. Pedro e D. Inês) já me atraía bastante, mas contada como João Aguiar conta... adorei. Recomendável para aqueles que gostam e não se fartam da História de Portugal e para aqueles que querem descobrir mais sobre a mesma.

                                                                                                  © Lipa Xana